www.hemisferiocriativo.com| RESEARCH LAB | GALLERY | CREATIVE STUDIO | CONTACT OFFICE |

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

idioma2idioma Compartilhe!


"Digital Desdobrando"
Incursões fotográficas em ambientes virtuais

Esta série de imagens narra um exercício de pesquisa em fotografia virtual, realizado através do registro de uma sequência de eventos virtuais dentro de jogos de videogame.

A maioria dos jogos de videogame possuem narrativas inspiradas na realidade. Jogos considerados “realistas” são aqueles que espelham-se mais diretamente na realidade. Os mais realistas, porém, em virtude de suas qualidades artísticas e da complexidade de seus "mundos" artificiais, são capazes de expressar tanto realismo, que em vários aspectos podem ser confundidos com a própria realidade. Estes jogos de videogame realistas criam uma forma de “realidade duplicada”, uma virtualidade paradoxal que ao mesmo tempo em que “confronta” o mundo real, também o requisita e o reproduz através dos reflexos virtuais que simula dele.


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Esta condição, limiar entre a fantasia e a realidade, pode estimular as inteligências racional e emocional ao permitir que o aprendizado com as experiências virtuais sejam transferidos com maior facilidade do ambiente virtual para o ambiente real. Além disso, a complexidade narrativa e cenográfica dos jogos de videogame pode promover expansões dos horizontes imaginativos enquanto o pensamento criativo busca ampliar a realidade destes "mundos" virtuais.

 

Assim, de maneira lúdica e com inspiração na realidade, alternando situações pré-programadas com eventos singulares criados em “tempo real”, as interações com realidades virtuais de jogos de videogame podem potencializar o desenvolvimento humano, orientando o sentido e a intensidade das percepções nas dimensões objetiva e subjetiva (corporais e cognitivas).




Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Ao explorar uma forma não-convencional de interação com a realidade virtual dos jogos videogames, esta série de imagens pode inspirar aidealização de novas possibilidades de aprimoramento da experiência estética humana a partir do uso de tecnologias digitais de simulação da realidade.

 


 

Em referência às clássicas interpretações dos conceitos filosóficos de “natureza” (primeira natureza: aquilo que é anterior ao ser humano; segunda natureza: aquilo que é posterior ao ser humano) — perceptíveis em algumas das ontologias ocidentais predominantes —, esta modalidade de experiência virtual promove uma condição que pode manifestar e instituir o que pode ser chamado de “terceira natureza", pois habita um autêntico “universo paralelo”, regido por algoritmos digitais dependentes de estruturas eletrônicas artificialmente construídas, e que, em virtude de suas escalas de dimensões “quânticas” ou subatômicas, exploram de uma maneira inédita e bastante abrangente as fronteiras entre os aspectos físicos e metafísicos da informação.



Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Esta série foi realizada a partir de um jogo de videogame de simulação de competição automobilística (Drive Club™) que possui recurso de câmera fotográfica virtual.

 


  Importantes características práticas deste desafio compreendem a reflexão filosófica e o esforço estético empreendidos na tentativa de manipular as interfaces digitais no sentido de obter imagens que reflitam os aspectos mais naturais e orgânicos da realidade virtual simulada pelo jogo -- em contraste aos típicos reflexos da geometria poligonal e da exatidão matemática inerentes aos jogos de videogame tridimensionais, os quais geralmente causam estranhamento ao remeterem a uma distopia mecânica da vida humana.



Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Apesar da relativa liberdade de deslocamento da câmera virtual pelos cenários (com limites de altura e distanciamento do objeto), o dispositivo simula propriedades fundamentais de configuração de uma câmera fotográfica analógica tradicional: granulação do filme, filtro, distância focal da lente, abertura e velocidade do obturador, condição relativa ao objeto, etc.


 

Portanto, além do realismo original atribuído à complexidade visual do ambiente virtual do próprio jogo de videogame, a simulação de aspectos analógicos da câmera fotográfica virtual é um atributo complementar que permite maior variabilidade na composição de imagens a partir do controle preciso e manual da posição da câmera, da profundidade de campo, do filtro, do foco e da iluminação, possibilitando assim o uso de técnicas da fotografia tradicional para a reprodução de imagens que pareçam mais realistas.



Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)



Diferente da "Fotografia Digital" (Digital Photography), que utiliza cameras com sensores digitais para captar imagens do mundo real, e da "Fotografia para Realidade Virtual" (VR Photography), que capta imagens do mundo real em 360 graus para simular ambientes virtuais digitais, a "Fotografia Virtual" (Virtual Photography) consiste na captação de imagens de ambientes virtuais a partir de uma câmera fotográfica virtual inserida no próprio ambiente virtual. Além disso, os típicos "Screenshots" são geralmente extraídos diretamente da tela do jogo sem a utilização de recursos de camera fotográfica virtual.

 

As técnicas de fotografia virtual têm sido aprimoradas através da disponibilização de recursos de câmera fotográfica cada vez mais avançados dentro nos jogos de video game.


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_PlanetUntitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)



Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)

Exo_Planet
Untitled ©Eduardo Galvani (Virtual Photography)


Contato: edugalvani@gmail.com
©2016 Eduardo Galvani